Get Adobe Flash player

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pune América-MG na Série B, o clube perdeu 21 pontos

Mais um caso de escalação irregular, dessa vez envolvendo o América-MG. O clube foi punido nesta segunda-feira, 15, com a perda de 21 pontos na Série B do Campeonato Brasileiro. Em julgamento da Primeira Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o clube mineiro, por quatro votos a um, além da perda dos pontos, foi multado em R$ 4 mil por conta da escalação irregular do lateral-esquerdo Eduardo.
Se antes estava próximo próximo do G4 da competição, agora, o América, que entrará com recurso no Pleno do STJD, é o último colocado da competição, com apenas 12 pontos. São 13 a menos que o primeiro fora da zona do rebaixamento. Dentro de campo, o clube vem de três derrotas consecutivas na Série B do Campeonato Brasileiro.

A suspeita de irregularidade de Eduardo, que ficou apenas um mês no América, surgiu após uma notícia de infração disciplinar feita pelo Joinville, adversário no dia 29 de agosto. Responsável pela denúncia, Roberto Pugliese Jr., gerente jurídico do JEC, esteve presente na sessão. O clube catarinense, hoje vice-líder da Segundona, atuou como terceiro interessado no julgamento, assim como o Boa Esporte, de Varginha, que não enviou representante.

Tal situação infringe o artigo 214 de Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata de escalações irregulares e fala em "incluir na equipe, ou fazer constar da súmula ou documento equivalente, atleta em situação irregular para participar de partida, prova ou equivalente". O artigo 49 do Regulamento Geral de Competições deste ano da CBF, situado no Capítulo IV, que trata da "Condição de jogo dos atletas", fala em: "um clube não poderá incluir em sua equipe, na mesma temporada, um atleta que já tenha atuado por dois outros clubes, em quaisquer das competições coordenadas pela CBF, com exceção das copas regionais, em consonância com as determinações da FIFA sobre a matéria".

Aspargos: conheça algumas receitas com este legume e seus benefícios para saúde

 
O aspargo é uma planta perene. A colheita dos brotos se faz na primavera, a partir do segundo ou terceiro ano. Os aspargos brancos são cultivados impedindo os brotos jovens de obter luz.

O aspargo pode provocar um odor característico na urina da pessoa que os consumiu, sem nenhuma consequência nociva. As substâncias que provocam odor não existem originalmente no vegetal: são um resultado do metabolismo de um de seus componentes, que contém enxofre. Segundo estudos, de 40% a 50% das pessoas produzem esses metabólitos e ficam com o cheiro da urina alterado, mas, curiosamente, nem todas as pessoas conseguem perceber a diferença no odor: cerca de 60% das pessoas são insensíveis a ele.

História
Há registros na história acerca de apreciadores de iguarias com base nos aspargos,tais como o imperador romano Otávio Augusto, o gastrônomo romano Marcus Gavius Apicius, o naturalista também romano Plínio, o velho (que chamava os aspargos de "a verdura de Deus"), na antiguidade. O prestígio dos aspargos caiu muito durante a Idade Média, voltando a ser um prato apreciado durante o Renascimento, sendo daí em diante muito apreciado por personalidades como o Rei Sol, Luís XIV, ou o chanceler alemão Bismarck.

Saúde
O aspargo é um alimento muito nutritivo e contém vitaminas do Complexo B (ácido fólico), Betacaroteno (provitamina A), além dos minerais: Cálcio, Ferro e Fósforo. Também é excelente fonte de glutationa, um antioxidante com forte atividade anticancerí­gena,

Receitas com aspargo


Enroladinho de Aspargos com Presunto 

Ingredientes
• 12 aspargos
• 6 fatias finas de presunto
• Um pouco de azeite de oliva 

Preparo
Lave bem os aspargos e reserve. Pegue o presunto de parma e corte no meio no sentido da largura, assim você vai ficar com 12 fatias de presunto de parma.

Comece a enrolar os aspargos com as fatias de presunto de parma. Agora pegue uma frigideira grande e coloque um fiozinho de azeite de oliva. Deixe a frigideira esquentar um pouco e depois coloque os aspargos. Depois de uns 2/3 minutos você deve virar os aspargos e deixar dourar.

Agora é só retirar do fogo e servir. Se você quiser pode fazer um molho para acompanhar.

Receita de Aspargos Assados com Parmesão.
ingredientes

680g de aspargos frescos
1 colher (sopa) de azeite de oliva
sal e pimenta do reino moída na hora
¼ xícara de parmesão ralado fininho

modo de preparo
Pré-aqueça o forno a 230ºC. Corte o final dos talos dos aspargos – aquela parte mais fura.
Em uma assadeira de beiradas baixas, junte os aspargos, o azeite, o sal e a pimenta e misture bem. Faça uma camada única de aspargos – não os sobreponha – e polvilhe com o queijo.
Leve ao forno até que os aspargos estejam macios e o queijo, derretido – 10-15 minutos.
Sirva imediatamente.
Pronto! Agora, basta saborear esta delícia receita de Aspargos Assados com Parmesão.

Torta de aspargo

Ingredientes

. 2 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo
. 1 xícara (chá) de manteiga gelada picada
. 7 ovos
. 1/2 colher (chá) de sal
. 1 colher (sopa) de água
. 400 g de aspargo em conserva
. 1 xícara (chá) de leite
. 1/2 xícara (chá) de queijo parmesão ralado
. Noz-moscada a gosto
Modo de preparo

1. Prepare a massa: bata a farinha de trigo, a manteiga, 1 gema de ovo e o sal no processador até obter uma farofa.

2. Junte a água e processe ligeiramente até formar uma massa.

3. Transfira para uma superfície lisa e amasse.

4. Aqueça o forno. Abra a massa sobre o fundo de uma forma de fundo removível de 25 cm de diâmetro.

5. Asse por 20 minutos.

6. Prepare o recheio: escorra o aspargo, corte em pedaços e reserve.

7. Misture os ingredientes restantes, junte o aspargo e coloque sobre a massa já assada.

8. Leve novamente ao forno até o recheio ficar firme e a massa dourar.

9. Desenforme e sirva quente.

Aspargos assados com Tomates Cereja, Azeitonas Pretas e Manjericão
Ingredientes
700 g de aspargos frescos e aparados (retirar a parte branca e fibrosa)
1 bom punhado de azeitonas pretas
20 tomates cereja, doces e maduros
3 colheres de sopa de azeite de oliva
1 dente de alho cortado em fatias finas
1 punhado de folhas de manjericão fresco
sal e pimenta do reino moída na hora
1 pequena pitada de pimenta (chilli) vermelha seca e esmigalhada
Modo de Fazer
Misture todos os ingredientes em uma tigela e coloque em uma assadeira quente. Asse em forno pré-aquecido a 225 graus Celsius por cerca de 10 a 12 minutos, virando duas ou três vezes (para que asse de forma homogênea). Sirva!!!


Aspargos verdes grelhados com azeite de alecrim e parmesão

Ingredientes:

1/2 colher de chá de alecrim fresco picadinho (na falta do fresco pode usar o seco mas reduza a quantidade porque o sabor é mais concentrado)

2 colheres de sopa de azeite de oliva
Sal
1 kg de aspargos verdes

1/4 de xícara de parmesão fresco ralado (é importante que seja fresco, o sabor e o perfume são diferentes dos do parmesão pré-ralado de saquinho)

Preparação:
Em uma tigelinha misturar o alecrim picadinho com o azeite de oliva. Cobrir e deixar descansar por uma hora no mínimo.

Remover as pontas duras dos aspargos (os 2 a 3 cm finais do talo). Ferver água em uma panela grande (suficiente para cobrir a totalidade dos aspargos). Adicionar os aspargos e ferver por 2 a 4 minutos, de maneira que eles estejam macios mas ainda crocantes. Descartar a água e colocar os aspargos rapidamente em uma tigela com água gelada para interromper o cozimento. Quando frios, descartar a água e seca-los em uma toalha de papel.

Colocar os aspargos na grelha/frigideira, regando com o azeite temperado com alecrim e o sal. Fogo médio/alto. Girar os aspargos com a ajuda de uma pinça de cozinha, até que eles comecem a dar uma tostadinha leve (1 a 2 minutos de cada lado).

Ralar o parmesão e salpicar sobre os aspargos. Servir imediatamente.

Hortas comunitárias projeto de Agricultura Urbana em Curitiba

A horta faz parte do projeto de Agricultura Urbana em Curitiba, da Secretaria Municipal de Abastecimento, apontado como modelo no País. Em toda a cidade, o programa mobiliza 9.719 pessoas, de 97 localidades, que cultivam 1.225 hortas em 95,8 hectares.

O programa de Agricultura Urbana tem regras bem definidas e tem o objetivo de oferecer atividade às famílias interessadas e garantir alimentação saudável com aproveitamento de vazios urbanos. Indiretamente, a utilização de espaços ociosos evita a criação de áreas tomadas por mato e lixo urbano.

Uma vez por mês são entregues às famílias kits de insumos, compostos por sementes, mudas e adubos. Habitualmente há entre 12 e 15 espécies de hortaliças para garantir variedade no consumo alimentar e evitar o cultivo de uma só espécie. “Nosso objetivo é a segurança alimentar e não a comercialização. A destinação da produção é responsabilidade de cada família. Trabalhamos a diversificação para que não sejam criadas monoculturas.”, conta Pereira. A prefeitura de Curitiba também garante os serviços de preparo de solo com implementos agrícolas e a reforma dos canteiros a cada um ou dois anos, conforme a necessidade.

O apoio técnico é realizado pela equipe formada por três engenheiros agrônomos, um técnico agrícola e seis estagiários de Agronomia. Cada técnico é responsável por um grupo e uma vez por mês realizam as visitas técnicas para orientar os integrantes do projeto. “Tudo é orgânico. Não há utilização de produtos químicos para combater pragas. Ensinamos a utilizar o manejo, calda de fumo, água com sabão, catação manual, depende do que é preciso tratar. Utilizamos princípios da agroecologia e da agricultura convencional, porque é necessário manter os locais limpos”, conta Pereira.

Fonte:Prefeitura de Curitiba 

Grave acidente deixa cinco feridos na Rio-Santos próximo a Praia Brava

Quatro mulheres e um homem  ficaram feridos em um acidente no fim da tarde de domingo 14/09, no km 520 da Rodovia Rio-Santos, Angra dos Reis.
De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), as vítimas estavam em dois carros que bateram de frente após um dos motoristas perder o controle da direção e invadir a pista contrária.
 

sábado, 13 de setembro de 2014

Morte por febre maculosa é confirmada em Três Rios, RJ

Vítima é Rubens Xavier de Lima, de 69 anos, morto em julho.
Doença foi constatada através de exames, diz secretaria de Saúde.

A secretária de Saúde de Três Rios, no sul do Rio Janeiro, confirmou na manhã deste sábado (13) um caso de morte por febre maculosa no município. A vítima é Rubens Xavier de Lima, de 69 anos, morto no dia 23 de julho. Ele havia dando entrada no Hospital de Clínicas Nossa Senhora da Conceição três dias antes, com suspeita de dengue.

Ainda de acordo com o comunicado, a febra maculosa foi constatada através de exames médicos. A vítima morava em uma casa na Rua Isaltino Silveira.

Fonte:G1


vetor dessa doença.

FEBRE MACULOSA OU FEBRE DO CARRAPATO 

Definição

A febre maculosa é uma infecção aguda causada por uma bactéria, a Rickettsia rickettsii. O homem é infectado através da picada do carrapato que eventualmente carrega esta bactéria nas suas glândulas salivares.

Incidência

Esta é uma doença rara, porém o número de pessoas diagnosticadas vem aumentando desde 1996 quando se tornou obrigatória a sua notificação para os centros de vigilância epidemiológica. Estima-se que a maioria dos casos não é diagnosticada e que os dados disponíveis são provavelmente inferiores à verdadeira incidência.

É mais comum na zona rural, principalmente dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Infecção

A Rickettsia é uma bactéria que sobrevive basicamente dentro das células dos carrapatos. No Brasil, o carrapato mais comum e também o que mais comumente é vetor desta infecção é do tipo Amblyomma cajennense. Estes carrapatos são também conhecidos como "carrapato-estrela", "carrapato de cavalo" ou "rodoleiro". Eles infestam animais domésticos como as galinhas, cavalos, bois, cachorros e porcos e também animais selvagens como os gambás, as capivaras, cachorros-do-mato, coelhos, tatus e cobras.

O carrapato infectado pica o hospedeiro e através de sua regurgitação inocula a bactéria na corrente sanguínea do animal ou, mais raramente, em feridas abertas. No homem, isso não é comum porque para que haja a infecção o carrapato tem que ficar aderido de 4 a 6 horas.

Todas as pessoas são susceptíveis à infecção as quais, depois de infectadas, adquirem imunidade, provavelmente para o resto da vida.

Esta infecção não passa de uma pessoa doente para outra por contato físico nem contato com saliva, urina ou fezes. Sempre é necessária a picada do carrapato. Porém, a ausência de um relato de que houve a picada por um carrapato não exclui o diagnóstico já que este relato depende da observação e da memória do indivíduo. Além disso, mais de um caso pode aparecer na mesma família ou em pessoas que moram na mesma região porque foram expostos aos mesmos animais portadores de carrapatos infectados.

Os casos são mais comuns nos meses de primavera e verão.

Sintomas

A pessoa infectada pode desenvolver sintomas de 2 a 14 dias após a picada, em média, uma semana. Estes sintomas podem praticamente não existir ou serem muito fracos, o que dificulta o diagnóstico.

Nas pessoas que desenvolvem o quadro mais característico, a febre pode ser moderada a alta, chegando até 39 a 40 graus. Esta febre pode durar de 2 a 3 semanas e geralmente a pessoa tem que restringir as suas atividades, necessitando repouso no leito. É comum ter dor de cabeça intensa, dor no corpo, calafrios e edema dos olhos e conjuntivas.

Nos primeiros dias de febre pode aparecer a mácula, de onde vem o nome da doença. São lesões de pele, róseas, nos punhos e tornozelos, que progridem para o tronco e face e após, mãos e pés. Em 2 a 3 dias, estas lesões adquirem um certo volume e podem ser sentidas ao toque quando ficam de uma coloração mais forte. Após 4 dias podem ficar arroxeadas. Nas áreas de maior atrito, podem se unir e formar uma placa que se parece com um hematoma. Pode haver descamação nas áreas mais intensas. O local onde houve a picada pode formar uma úlcera necrótica semelhante à lesão de picada de aranha.

A doença pode evoluir para cura espontânea em 3 semanas. Porém nas formas mais graves, as lesões de pele são mais hemorrágicas podendo até ocorrer áreas de necrose nos dedos, nas orelhas, no palato mole e nos genitais. Podem ser acompanhados de sangramento de gengivas, do nariz, vômitos e tosse seca intensa. Os casos que necessitam de internação hospitalar são aqueles em que há um comprometimento sistêmico com pressão baixa, sangramento digestivo, desidratação e insuficiência ventilatória.

O diagnóstico diferencial se faz com outras doenças infecciosas que também se apresentam com lesões de pele e febre alta como febre tifóide, sarampo, rubéola, meningite meningocócica, leptospirose e malária.

É importante ressaltar que muitas pessoas podem ter esta infecção sem ou quase nenhuma lesão de pele ficando o diagnóstico muito difícil.

A mortalidade pode chegar até 20% dos casos diagnosticados.

Diagnóstico

O diagnóstico de certeza se faz através de exames laboratorial do sangue do doente, através de sorologia e cultura.

Tratamento

A maioria das pessoas tem um curso benigno que necessita só de medicações sintomáticas como analgésicos, antitérmicos, hidratação oral e repouso. Estima-se que estas pessoas não chegam a procurar atendimento médico e a infecção tem uma resolução espontânea em algumas semanas. Os casos mais graves, quando diagnosticados, devem receber antibióticos específicos e medidas de suporte, muitas vezes necessitando até de tratamento intensivo.

Prevenção

- Evitar contato com animais domésticos e silvestres em regiões reconhecidamente de alta incidência da doença.

- Se for necessário entrar em contato com animais vistoriar o corpo de 3 em 3 horas já que o carrapato necessita ficar aderido por mais de 4 horas para transmitir a infecção.

- Se necessitar andar em locais de vegetação alta, usar calças compridas e botas.

- Não esmagar o carrapato, já que a bactéria pode entrar em algum ferimento do homem.

- Usar carrapaticida em animais domésticos com a freqüência recomendada.

Curiosidade

Esta doença é a mesma conhecida nos Estados Unidos como Rocky Mountain Fever, ou, Febre das Montanhas Rochosas.

Leia Mais: Febre Maculosa ou Febre do Carrapato | ABC da Saúde http://www.abcdasaude.com.br/infectologia/febre-maculosa-ou-febre-do-carrapato#ixzz3DCsgpSfb
(c) Copyright 2001-2014 - ABC da Saúde Informações Médicas Ltda
Follow us: @abcdasaude on Twitter | ABCdaSaude on Facebook

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Incêndio florestal atinge fazenda Grataú

Um incêndio florestal de grande proporções na tarde desta sexta feira 12/09), atinge a fazenda Grataú nas proximidades do Frade Angra dos Reis, a fazendo fica as margens da BR 101 (Rio-santos) . Até o momento em que foi feito as imagens não havia nenhuma ação de combate ao fogo que estava se expandindo com muita rapidez em direção a sede da fazenda.
 

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

MP Eleitoral pede cassação de candidatura do deputado Gustavo Tutuca


Foto: Reprodução do Facebook
O deputado e candidato à reeleição Gustavo Tutuca (PMDB) se complicou feio com a Justiça Eleitoral. Vai responder por abuso de poder econômico e captação ilícita de votos. Se condenado, pode ficar inelegível por oito anos e ter o seu registro de candidatura cassado.

A ação da Procuradoria Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (PRE/RJ) aponta o uso indevido dos meios de comunicação pela distribuição do informativo "Prestando Contas – Gustavo Tutuca" (edições de setembro de 2013 e março e maio de 2014).

"O candidato se utilizou ostensivamente dos feitos realizados pela administração pública, com recursos públicos, para se promover para o pleito", afirmou o procurador regional eleitoral Paulo Roberto Bérenger.

Ex-secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Tutuca é acusado de se aproveitar dos recursos públicos para se promover. Mais de 900 exemplares de jornal enaltecendo seus feitos foram aprendidos.

Para piorar a situação do moço, foram encontradas ainda anotações de apoio financeiro a eventos e distribuição de cestas de Natal em Barra do Piraí, considerado como entrega de benefícios em troca de votos.

O deputado Gustavo Tutuca negou parte das acusações e afirmou que vai recorrer:

"Estou tranquilo. Não vejo irregularidade (no jornal distrubuído) porque tenho que prestar conta do meu mandato. Quanto à anotação, não fui eu quem distribuiu cestas e também não apoiei financeiramente evento algum. Não tem nada citando meu nome", defendeu-se Tutuca


Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/extra-extra/mp-eleitoral-pede-cassacao-de-candidatura-do-deputado-gustavo-tutuca-13879007.html#ixzz3Cvi60vzD

Segundo IBGE nos últimos 4 anos população que mais cresceu no Sul Fluminense foi de Angra dos Reis

O sul do Rio de Janeiro ficou mais populoso desde o último Censo: em quatro anos ganhou 45 mil habitantes. O número foi divulgado no fim de agosto pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que contabilizou 1.415.000 moradores na região.

De acordo com o levantamento do IBGE, o município cuja população mais cresceu foi Angra dos Reis, que registrou aumento de 9% e soma 184.940 habitantes. Já o que teve menor crescimento foi Miguel Pereira: apenas 0,7%, totalizando 24.829 moradores.

A estimativa apontou ainda Comendador Levy Gasparian e Volta Redonda como as cidades com a menor e maior população: 8.245 e 262.259, respectivamente.

Economia e qualidade de vida impulsionam crescimento, diz sociólogo
Para o sociólogo Gilberto Caldas, a alta do número de habitantes está no crescimento da economia e na melhor da qualidade de vida. "Todas as boas oportunidades, todos os bons empregos, todas as boas moradas, todos os bons lazer estavam sempre concentrados nos grandes centros. Com o espraiamento e com a necessidade de se melhorar a qualidade de vida daqueles que moram nos grandes centros, os interiores começaram a ser atrativos para esse povo", disse Gilberto.

O sociólogo acredita que a resistência em deixar as capitais diminuiu e alerta que o interior precisa se preparar para receber os novos habitantes. "[Tem que progredir] em todos os aspectos, desde políticas públicas até o comportamento individual de cada cidadão. Então, todas as demandas que são necessários para uma boa convivência vão obrigar as autoridades constituídas a melhorar o seu atendimento", finalizou.

Informações do G1

NA SUA OPINIÃO, QUAL VEREADOR PODERIA SER O PRESIDENTE DA CÂMARA?

O DIRETOR ANDRÉ CONTINUA NO SPA DO FRADE?

QUAL VEREADOR (a) VOCÊ APROVA? ( QUEM É O MELHOR?)

AVALIA OS CINQUENTA DIAS DE GOVERNO DE CONCEIÇÃO RABHA & LEANDRO $ILVA, QUAL NOTA MERECEM?

QUAL DOS (as) VEREADORES (as) É O (a) PIOR DE TODOS?